skip to content

Avaliação Socioeconômica

A Avaliação Socioeconômica é o instrumento utilizado para identificar o perfil socioeconômico do estudante, no âmbito de sua família, a fim de caracterizá-lo como público-alvo dos programas de assistência estudantil da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). O objetivo da avaliação é a classificação socioeconômica dos estudantes de graduação e de pós-graduação stricto sensu (que não tenham bolsa de mestrado ou de doutorado), ambos na modalidade presencial, nas categorias A, B, C, D ou E previstas na Resolução CUNI/UFOP nº1380, de 26 de abril de 2012.

Para classificação socioeconômica dos estudantes nas categorias A, B, C, D ou E, são utilizados os seguintes indicadores socioeconômicos da família:

  • renda familiar bruta mensal per capita;
  • bens patrimoniais, status ocupacional;
  • tipo de residência da família;
  • situação de residência do estudante e;
  • procedência escolar do estudante.

Para maiores informações acesse a Portaria PRACE 013/2015 que aprova os critérios e procedimentos para realização da avaliação socioeconômica.

 

INFORMAÇÕES IMPORTANTES:

 

Como solicitar a análise socioeconômica?

O procedimento para solicitar a análise socioeconômica é bem simples. A seguir, os passos para solicitar a análise socioeconômica:

01 - Questionário → A solicitação da análise socioeconômica é feita pelo estudante, a qualquer momento, a partir do preenchimento do questionário on-line conforme instrução abaixo:

I – Acessar a plataforma Minha UFOP;

II – Escolher a opção Cadastro para Programas de Assistência Estudantil – CPAE;

III – Incluir o questionário socioeconômico;

IV – Preencher e enviar o questionário socioeconômico;

02 - Entrega de documentação → Após o preenchimento do questionário, a PRACE enviará para o e-mail do estudante o resultado de pré-classificação socioeconômica bem como o disponibilizará na plataforma eletrônica Cadastro para Programas de Assistência Estudantil (CPAE); Se pré-classificado o estudante deverá entregar a documentação descrita na Portaria 013/2015, na unidade da Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (Prace) referência do curso do estudante.

IMPORTANTE: 

a)    A apresentação de documentação incompleta pode causar atraso ou indeferimento do pedido.

b)    As solicitações são analisadas de acordo com a ordem de entrada da documentação nas unidades da Prace.

c)    As avaliações socioeconômicas são concluídas em até 60 dias corridos, contados a partir entrega da documentação completa.

03 - Triagem → Um bolsista da PRACE confere se o estudante está com todos os documentos solicitados, faz o protocolo e encaminha a documentação para a análise socioeconômica.

04 - Análise → A PRACE possui uma metodologia específica de análise socioeconômica composta por um conjunto de indicadores sociais, econômicos e culturais. Para maiores informações acesse os documentos disponíveis em Normas e Recomendações.

05 - Entrevista → Se houver qualquer dúvida em relação aos dados informados pelo estudante, ele será chamado para uma entrevista com um assistente social. Em alguns casos é realizada também visita domiciliar ou são solicitados documentos complementares.

06 - Resultado → O resultado da avaliação socioeconômica é disponibilizado ao estudante por e-mail e pela plataforma eletrônica Cadastro para Programas de Assistência Estudantil (CPAE).

Como a Pessoa com Deficiência pode solicitar atendimento prioritário?

O atendimento prioritário pode ser solicitado pela entrega, nas unidades da PRACE, dos seguintes documentos:

  1. Autodeclaração informando que deseja atendimento prioritário;
  2. Laudo de profissional da saúde ou de equipe multidisciplinar expedido nos últimos 12 meses, atestando o tipo e o grau de deficiência, informando:

2.1) os impedimentos nas funções e nas estruturas do corpo;

2.2) os fatores socioambientais, psicológicos e pessoais;

2.3) a limitação no desempenho de atividades;

2.4) a restrição de participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas, nos termos do art. 2º, da Lei n. 13.146/2015 (Estatuto da Pessoa com Deficiência).

Documentos e formulários para avaliação socioeconômica

Quando solicitar NOVA avaliação socioeconômica?

O estudante poderá solicitar nova avaliação socioeconômica quando:
a) por término do prazo de validade da avaliação;
b) por alteração na condição socioeconômica;
c) por indeferimento.

Como solicitar prorrogação automática da avaliação socioeconômica?

A prorrogação automática da avaliação socioeconômica será facultada somente às situações em que a avaliação socioeconômica que se deseja prorrogação tenha sido válida por 2,5 anos ou superior.

Para ter a validade da avaliação socioeconômica prorrogada o estudante deverá:

I - Realizar solicitação antes do vencimento da avaliação anterior:
II - Preencher e assinar o Termo de Responsabilidade sobre a ausência de alterações na condição socioeconômica (Anexo 02) e entregar na Pró- Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (PRACE) referência do seu curso.

Mais informações acesse a Portaria PRACE 006/2018.

Recurso contra o resultado a Avaliação Socioeconômica

O estudante pode apresentar recurso contra o resultado da avaliação socioeconômica conforme instrução abaixo:

I - Acessar a plataforma Minha UFOP 

II - Acessar o módulo "Graduação"

III - Escolher a opção: "Protocolização de requerimento"

IV - No tópico Pró-reitoria escolher opção "PRACE"

V - Escolher a opção "Recurso Contra Resultado da Avaliação Socioeconômica".

Importante! O resultado do recurso é enviado ao e-mail do estudante, cadastrado na plataforma Minha UFOP, em até 30 dias contados a partir da data de protocolo do recurso.