Centro de Saúde
                                        Universidade Federal de Ouro Preto

Programa Mais Saúde - Plantas Medicinais e Fitoterapia

 

 

 

 

 

 

QUAL A DIFERENÇA ENTRE PLANTA MEDICINAL E FITOTERÁPICO?

$1·As plantas medicinais são aquelas capazes de aliviar ou curar enfermidades e têm tradição de uso como remédio em dada população ou na comunidade. Para usá-las, é preciso conhecer a planta e saber onde colher e como prepará-la. Quando a planta medicinal é industrializada para se obter medicamentos, tem-se como resultado o fitoterápico. O processo de industrialização evita contaminações por microrganismos, agrotóxicos e substâncias estranhas, além de padronizar a quantidade e a forma certa que deve ser usada, permitindo maior segurança de uso.

 

OS FITOTERÁPICOS FAZEM MAL À SAÚDE?

$1·Como qualquer medicamento, o mau uso de fitoterápicos pode ocasionar problemas à saúde, como por exemplo: alterações na pressão arterial, problemas no sistema nervoso central, fígado e rins, que podem levar a internações hospitalares e até mesmo a morte, dependendo da forma de uso. Os produtos naturais, incluindo as plantas também são tóxicos, tendo a dosagem de uso.

 

O QUE NÃO É CONSIDERADO FITOTERÁPICO?

$1·Florais. No Brasil, os florais são enquadrados como alimentos.

$1·Homeopatia. Os medicamentos homeopáticos são produzidos de forma diferente dos fitoterápicos. Neste tipo de terapia, utiliza-se medicamentos provenientes dos três reinos da natureza:  vegetal, animal, mineral e os imponderáveis.

$1·Medicamentos alopáticos tradicionais: são os medicamentos comercializados mas drogarias oriundos de síntese química.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com